Nós ligamos para você!
Blog

O Que o Seu Consultor de Vendas deve Saber antes de Atender um Cliente

Atender um cliente é uma arte que exige muito preparo, afinal de contas, essa é a etapa fundamental para as vendas. Um atendimento mal feito ou realizado de forma equivocada, portanto, pode colocar tudo a perder no empreendimento.

Por isso mesmo, é fundamental que os consultores de venda da empresa sejam devidamente preparados para essa etapa. Sabendo disso, preparamos aqui uma espécie de guia com alguns dos fundamentos básicos que todo consultor de vendas precisa conhecer. Vamos às dicas.

Atenção ao figurino

Consultor%20de%20vendas.jpg

A aparência conta, e conta muito. Dito isso, é de suma importância que, para atender um cliente, o consultor esteja devidamente bem vestido e com uma aparência de sucesso. 

Isso não significa necessariamente utilizar grifes, mas sim uma roupa adequada condizente com o ramo de atuação e filosofia da empresa.

Cordialidade e disposição

De nada adianta se vestir bem e não se apresentar de maneira adequada ao cliente no que diz respeito à atitude. Ao entrar em um estabelecimento, o consumidor procura ser bem atendido, mas isso não significa ser pressionado a comprar. Na verdade é o oposto disso.

Nesse momento, o consultor de vendas deve se manter cordial e mostrar disposição em ajudar o cliente em suas necessidades. No primeiro contato, um caloroso "Bom dia!" é um bom ponto de partida, enquanto cumprimentos de conotação negativa, como "Pois não?!" devem ser evitadas.

Além disso, ao atender um cliente o consultor também deve ter um bom cartão de visita. É uma espécie de marketing pessoal que pode render vendas no futuro.

Captação das necessidades do cliente

captacao%20das%20necessidades%20do%20cli

Conforme sugerido no tópico anterior, a missão do consultor é ajudar a resolver as necessidades do cliente. Para isso, é preciso antes de qualquer coisa entender o que o consumidor deseja no estabelecimento.

Antes de qualquer ação, portanto, o vendedor deve escutar o que o comprador tem a dizer. É o cliente quem vai dizer o que precisa e só a partir daí tem início a negociação visando a venda. Primeiro se descobre o problema, depois se oferece a solução.

Essa necessidade surgiu a partir da evolução no perfil dos compradores. Hoje em dia, ao chegar em uma loja o cliente já foi bombardeado com uma série de informações. Além disso, muitas vezes já fez sua pesquisa na internet para saber que produto adquirir.

Isso significa que ele não precisa ser convencido a comprar determinado produto, ele só precisa de alguém que lhe ajude a finalizar a compra.

Cumprimento das promessas

Por fim, mais importante que tudo o que foi dito, é o cuidado no cumprimento das promessas feitas durante o processo de venda. Se na hora de atender um cliente o consultor prometer um desconto extra ou um brinde, ele precisa cumprir essa promessa. Pode ser até algo irrisório como a condição de parcelamento ou algo do tipo. Promessa é dívida.

Esse tipo de atitude cria um laço de confiança com o cliente. Por mais que pareça algo simples, a verdade é que o cliente se sentirá importante porque conquistou algo que lhe fora prometido. O cliente se torna um seguidor da marca.

05 / Set / 2018
Yara Souza

Comente esta publicação